Skip to main content

O impacto da tecnologia no relacionamento entre clientes e operadoras de saúde.

Não é segredo para ninguém que estamos, cada vez mais, vivendo em função de um mundo completamente tecnológico e moderno. É impossível, atualmente, pensar em determinadas atividades cotidianas – como, por exemplo, fazer supermercado – sem utilizar alguns dos benefícios da tecnologia, mesmo que esse benefício seja apenas um aplicativo de controle de gastos ou de montagem de lista no celular.

 

Essa tendência de viver em um mundo extremamente conectado e tecnológico, mais cedo ou mais tarde, chegaria no nosso cuidado com a saúde, não é mesmo? Hoje, não somente os pacientes e os profissionais desse ramo têm optado por usar alternativas tecnológicas para facilitar suas rotinas de trabalho e atenção com a saúde, como também as grandes instituições, clínicas e hospitais também têm se dedicado a modernizar suas rotinas de trabalho.

 

Apesar de parecer, inicialmente, um passo importante para o mercado de medicina e saúde, muitos profissionais e pacientes ainda se preocupam com o impacto que a tecnologia pode ter nesse campo, especialmente no que tange o relacionamento entre os clientes, os especialistas e as operadoras de saúde. Devemos nos preocupar com isso? Como lidar com essa situação?

O papel da tecnologia no mundo moderno

A tecnologia tem um papel muito importante no que classificamos hoje como mundo moderno. Como afirmamos na introdução, nossas atividades mais simples já são, de alguma maneira, norteadas por alguma influência da tecnologia: o uso de informações na internet, os celulares, a televisão. E por isso, foi natural elas chegarem no campo da saúde também.

 

Hoje, para os hospitais, profissionais, clínicas e operadoras de saúde, existem várias alternativas tecnológicas que ajudam a padronizar e otimizar suas atividades de trabalho. Alguns bons exemplos são os softwares de gestão, o cloud computing, os aplicativos (que podem ser usados por profissionais e pacientes), as calculadoras de fórmulas médicas e de índices de avaliação de pacientes e até mesmo a internet, que serve como uma grande enciclopédia atualizada para pesquisa de informações e dados.

O intuito do uso dessas alternativas tecnológicas na rotina do profissional e das instituições de saúde é tornar não somente o trabalho mais otimizado, como também influenciar positivamente na relação com os pacientes.

Tecnologia e interações humanas no campo da saúde: como lidar?

Muitas pessoas se perguntam se a entrada de toda essa modernidade e tecnologia não seria responsável por um possível distanciamento entre o profissional e seu paciente, influenciando negativamente no contato humano – e, se pararmos para pensar, existe um motivo plausível para essa insegurança.

O uso de aplicativos, da internet e até mesmo de adventos como a ciência da telemedicina realmente tornaram menos necessário um contato frequente com o profissional de saúde na resolução de um problema ou assistência em um tratamento. Mas, isso jamais deve ser assimilado como uma impessoalidade do tratamento médico para seus pacientes! É possível, sim, aliar tecnologia e proximidade com o cuidado com o paciente, de uma maneira eficiente, otimizada e em busca de maiores resultados.

Os profissionais da saúde devem ver a tecnologia como mais uma alternativa para melhorar o fechamento de um diagnóstico, por exemplo, ou o acompanhamento e adesão à tratamentos por parte de seus clientes. Apesar de poder diminuir, sim, a frequência de visita ao médico, a tecnologia jamais deve ser usada como uma alternativa de substituição à presença do profissional, mas sim como um suporte complementar, influenciando, portanto, no melhor relacionamento com seu cliente.

Um atalho para maior informação e incentivo a cuidar da saúde

A tecnologia não é apenas uma grande vantagem para o profissional, operadoras de saúde e instituições: ela também deve ser vista como um importante auxiliar para incentivar pacientes a cuidar mais de sua própria saúde. A melhor maneira de fazer isso, portanto, é com a ajuda de aplicativos que facilitam a comunicação entre profissionais e pacientes – desde os tradicionais aplicativos de mensagem, até aqueles que enviam e atualizam prescrições à distância – como também com a consulta de conteúdos seguros e relevantes na internet – que podem ser divulgados por profissionais da saúde em páginas especializadas ou em seus próprios sites e blogs.

Ferramentas modernas, equipes preparadas, pacientes atentos: o time perfeito

A tecnologia pode ter um impacto muito positivo no relacionamento entre os clientes, os profissionais e as instituições se elas contarem com a equipe perfeita por trás do uso de softwares e aplicativos.

Quando é possível contar com ferramentas modernas e que facilitam o trabalho do profissional, uma equipe preparada para usar essa tecnologia como mais um suporte para o seu trabalho de qualidade e pacientes atentos às necessidades para sua saúde, espera-se um resultado de sucesso nos tratamentos e acompanhamentos realizados em clínicas e instituições.

Prevenção deve ser o principal foco da tecnologia no campo da saúde

Mesmo que a tecnologia tenha a capacidade de ajudar a diagnosticar e tratar com mais eficiência as condições médicas que podem prejudicar um paciente, é importante ter em mente que o foco de seu uso sempre deve ser na prevenção de doenças, favorecendo a saúde. A ideia é que a tecnologia seja, portanto, mais uma alternativa para auxiliar médicos e profissionais da saúde a se tornarem vigilantes da qualidade de vida de seus pacientes, identificando possíveis hábitos de vida ou sintomas que podem prejudicá-los em um futuro próximo.

Dessa maneira, pensando sempre em prevenção, a tecnologia terá um impacto positivo na relação profissional-paciente, sem prejudicar a humanização do serviço de saúde prestado em diferentes lugares do Brasil e do mundo.

 

Como você tem visto o impacto da tecnologia nas relações no campo da saúde? Deixe seu comentário sobre o assunto!

 

Quer conhecer mais sobre o Nexa? Preencha nosso formulário de contato!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *