Skip to main content

O monitoramento de pacientes crônicos – 4 razões para começar agora.

A época é de contenção de despesas, não de redução da qualidade no atendimento. Por isso, a hora é, também, de soluções inteligentes, que beneficiem tanto a empresa prestadora de serviços médicos quanto os usuários.

Uma dessas soluções é o SmartCare, que, tendo como foco sempre aumento do engajamento dos usuários aos programas de saúde, a redução de sinistralidade e a melhoria da experiência do cliente, oferece planos de cuidados personalizados.

Especialmente em relação aos pacientes crônicos, o monitoramento tem efeito altamente assertivo tanto em relação à melhoria da qualidade de vida do beneficiário quanto à redução dos custos para a provedora. Assim, a empresa fica livre para realocar seus recursos da melhor forma, inclusive revertendo a economia na própria melhoria do atendimento.

Veja agora 4 razões para fazer o monitoramento de doenças crônicas com o SmartCare.

 

1 – Maior controle sobre os gastos com doenças crônicas

Hoje sabe-se que os pacientes crônicos representam mais de 40% dos custos dos planos de saúde. Além de serem as mais caras, as doenças crônicas são também as de desenvolvimento mais lento e maior duração – como diabetes, hipertensão arterial e alguns tipos de cânceres, por exemplo. O fato de algumas ainda não terem cura, torna o tratamento ainda mais dispendioso.

No entanto, a proximidade com os pacientes pode reduzir significativamente os gastos com o tratamento. O monitoramento prioriza a interação com o paciente, incentivando a adoção de hábitos saudáveis, o cumprimento das prescrições e as condições de saúde do paciente.

Além do monitoramento ser uma prática de baixo custo, fácil implantação e grande aceitabilidade por parte dos usuários, evita consultas e internações muitas vezes desnecessárias que elevam os custos dos planos de saúde.

2 – Tratamentos de doenças crônicas mais efetivos

Ao garantir maior interação com o paciente, o monitoramento auxilia os tratamentos de doenças crônicas a serem mais efetivos, agindo preventivamente ao menor sinal de intercorrência.

Para isso, a solução otimizada de assistência SmartCare integra tecnologias que mantêm a equipe clínica em constante contato sobre o desenvolvimento das doenças crônicas, seja por smartphones, wearables, aplicativos e devices em geral.

Assim, as equipes multidisciplinares de monitoramento das doenças crônicas têm condições de verificar suas reais necessidades, a hora correta de intervir e até evitando a internação em muitos casos.

3 – Prognósticos mais assertivos com a integração de dados

A integração de dados é o futuro da medicina em todo o mundo, uma tendência global que já começou a mostrar os melhores resultados onde está sendo aplicada. O monitoramento de doenças crônicas com o uso de tecnologia integrada, possibilita o armazenamento de informações sobre a saúde do paciente de forma a possibilitar prognósticos muito mais assertivos e rápidos.

O Health Intelligence SmartCare propicia também a obtenção de dados estatísticos sobre o comportamento do usuário e ainda sobre o engajamento nos programas, informações sobre a saúde da população para cruzamento de dados e até sobre o consumo dos recursos. Essas ações colaboram não só para a qualidade e rapidez no atendimento dos pacientes crônicos e como também para a redução de despesas.

4 – Mais qualidade de vida ao paciente de doenças crônicas

É bastante comum o paciente de doenças crônicas ter que viver com diversas restrições. O monitoramento do paciente permite que a equipe acompanhe seu dia a dia, facilitando sua rotina com dicas e orientações que o ajudem a viver melhor.

O monitoramento também faz com que o paciente se sinta valorizado, melhorando sua autoestima – o que acaba contribuindo também para a maior adesão e eficácia do tratamento. Muitas vezes o paciente crônico, ao ter contato direto com uma equipe de profissionais engajada no seu caso e no seu bem-estar, acaba mudando a postura, muitas vezes negativa, que havia adotado em relação à sua patologia.

Dessa forma, o monitoramento de doenças crônicas feito pelo SmartCare agrega valor à experiência do beneficiário da operadora de serviço, reduz os custos com tratamentos, (re)internações e procedimentos com doenças graves, gera melhores condições de atendimento e assertividades nas ações e imputa melhor qualidade de vida aos pacientes.

Venha conhecer a solução inteligente SmartCare de gestão de cuidado, telemedicina, conectividade e integração, e Health Intelligence. Sua operadora e seus beneficiários merecem essa nova experiência em atendimento.

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *